carregando
       

 VAZOLI

Notícias

08/06/2018

13 franquias de seguro e crédito para trabalhar por conta própria

Pelo menos três a cada quatro brasileiros adultos admitem que abrir um negócio por conta própria é um dos grandes sonhos de suas vidas, segundo um estudo do Sebrae. Porém, a burocracia e os altos custos para montar uma empresa no Brasil fazem com que esse desejo nem sempre seja realizado. Uma das formas de driblar esse problema é abrindo uma franquia, já que o modelo de negócio está pronto para operar e os trâmites burocráticos são todos acompanhados pela rede franqueadora, facilitando o trabalho do franqueado. E se você tem aptidão ou facilidade em lidar com vendas e corretagem, as franquias de seguro e crédito podem ser ótimas alternativas.

Uma das vantagens desse tipo de franquia é o investimento inicial, que é mais baixo se comparado a outros segmentos. O motivo é simples: um franqueado da área de crédito e seguros trabalhará na função de corretor. Ou seja, ele prospectará clientes e intermediará todos os processos entre a instituição financeira e o tomador de crédito ou segurado.

Diante do atual cenário econômico do País, o mercado de crédito, de acordo com o Banco Central, deve crescer 3,8% em 2018, se comparado a 2017. O que levou os economistas do BC a terem essa projeção otimista é o fato da taxa SELIC (índice utilizado como base para as taxas de juros) estar estacionada em 6,5%, após inúmeras quedas consecutivas.

De forma similar, a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) prevê que carteira de crédito de recursos livres para pessoa física suba até 5% neste ano, na comparação ao ano anterior. Para a carteira destinada a pessoas jurídicas, a entidade projeta avanço entre 1,5% e 2%.

Já no mercado de seguros, a estimativa, na avaliação da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep), também é de crescimento. Após alguns anos de movimento mais baixo, o número de apólices e coberturas contratadas deve aumentar em dois dígitos neste ano, sobre 2017.

Veja a matéria completa em: https://bit.ly/2Qs4kr5